Para esta edição da iniciativa da organização não governamental foram doadas 2,5 toneladas de alimentos, produtos de higiene pessoal e limpeza

 

 

Entre os dias 12 e 20 de abril, a 28ª edição dos Expedicionários da Saúde (EDS), organização não governamental que mantém uma sede na cidade de Manaus, estará no Polo Base Leonardo, localizado no Parque Indígena do Xingu, em Mato Grosso/MT, para uma semana de atendimento clínico, cirúrgico e odontológico. A Rede DB mais uma vez apoia esta importante ação, que conta com profissionais da saúde de todo o Brasil.

 

Para esta expedição, a Rede DB doou 2,5 toneladas entre alimentos, produtos de limpeza e higiene. “Aproximadamente 500 pessoas serão beneficiadas durante o período desta edição com o material ofertado pelo DB”, conta o gerente de marketing da Rede DB, Guto Corbett.

 

A equipe composta por 61 voluntários entre médicos, enfermeiros, profissionais de informática, entre outros atenderá indígenas de 16 etnias diferentes. O local passou por melhorias na infraestrutura do Polo Leonardo (Base do DSEI – Distrito Sanitário Especial Indígena), na área do Parque Indígena do Xingu, para receber um Centro Hospitalar Móvel composto por três tendas cirúrgicas e outras três para pequenas cirurgias e atendimentos nas especialidades de: oftamologia, ginecologia e odontologia.

 

Além da doação da Rede DB e demais colaboradores, a 28ª expedição conta com ajuda do DSEI Parque Indígena do Xingu.

 

 

 

 

Sobre a EDS

Expedicionários da Saúde é uma organização brasileira sem fins lucrativos, criada em 2003 por um grupo de médicos voluntários dispostos a levar medicina especializada, principalmente atendimento cirúrgico, a regiões isoladas favorecendo populações indígenas. Trata-se de um serviço complementar aos programas existentes de atendimento à saúde indígena e visa evitar a necessidade de deslocamento, custoso e traumático, do doente e sua família até centros urbanos. O trabalho é viabilizado a partir de parcerias com atores e instituições locais para realização de diagnósticos e pré-seleção de pacientes, planejamento das viagens da equipe de médicos e de utilização de nosso Centro Cirúrgico Móvel. Além do trabalho dos médicos voluntários, Expedicionários da Saúde conta com o apoio de outros profissionais que ajudam a viabilizar a instituição. A parceria com empresas na forma de doações financeiras, de serviços e de materiais é o que tem tornado o projeto viável.